Quantos instrumentos (questionários) devem utilizados pela CPA?

Quantos instrumentos (questionários) devem ser utilizados pela CPA?

Muitos questionários pode se tornar inviável no processo de avaliação

Considerando que a autoavaliação deve contemplar os cinco eixos avaliativos, que reúnem as 10 dimensões do SINAES (Nota Técnica INEP/DAES/CONAES n°65), não se pode confundir a autoavaliação promovida pela CPA e regulamentada pelo Inep/MEC, como sendo apenas a aplicação de questionários que avaliam o trabalho docente. É preciso criar instrumentos que avaliem questões de mais de uma dimensão do SINAES.

Não é adequado um questionário para cada dimensão e cada público alvo (alunos, professores e funcionários). Uma grande quantidade de questionários é inviável, cansa o público que avalia e dificulta a devida tabulação e o relacionamento dos dados. Deve-se usar instrumentos que avaliem o ponto principal de cada um dos assuntos obrigatórios. Depois, cada instituição deve criar seu próprio mecanismo de depuração e desdobramento dos itens indicados e, principalmente, aqueles mal avaliados. O AvaliEducação propõe uma estrutura de questionários enxuta e eficiente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *